domingo, 5 de novembro de 2017

Fonte de Vitaminas

Mamãe faz todos os dias a minha papinha de frutas e legumes, mas eu odeio aquele gosto estranho, é ruim pra engolir e às vezes me engasgo. Papai sempre diz que se eu quiser crescer tenho que comer tudo, mas não vejo eles comendo papinha. Mamãe sempre está comendo carne e papai também, aquele cheiro é horrível, não sei como conseguem. Uma vez tentei provar, mas acabei vomitando, odeio gosto salgado.

As outras crianças comem qualquer porcaria que aparece na frente delas, meu irmão Billy adora sorvete, aquela coisa é tão doce que me dá enjoo, ele ainda põe cobertura pra deixar ainda mais doce.


Mamãe está na cozinha, usando aquele avental azul bebê e usando aquele lenço branco amarrado no cabelo, seus olhos azuis combinam com o avental. Fico feliz quando ela usa a faca mais afiada, porque sempre acaba se cortando e posso lamber o sangue que fica na tábua de cortar quando ela vai até o armário pegar o curativo. 

(Bom.. Passei por muitas coisas, migrei para outro blog e reconheço que fiz muito mal ter migrado sem ao menos agradecer a oportunidade que a Lady me deu e que proporcionou eu estar em um outro blog. Lady eu só tenho a agradecer pela oportunidade que me deu na época, logo eu um escritor que tava começando fazia muitas creepys fracas, jamais irei esquecer disso. Postarei aqui quando eu puder e se você permitir como forma de gratidão; desejo que seu blog se torne grande e super reconhecido, você é uma guerreira por ainda manter ele ativo.) 

domingo, 23 de abril de 2017

Fim do blog?

Bom, gente, então... devem ter percebido que o blog está muito parado em todos os sentidos (principalmente de minha parte que não estou postando muito), minha vida infelizmente está muito ocupada e estou com outras coisas em mente o que deixa meu tempo bem limitado para dar atenção ao MS. Estou postando mais por "obrigação" do que diversão e eu não acho que isso valha a pena.

Então o blog vai parar?
Possivelmente sim, Andrey está postando em outros blogs que estão dando uma boa atenção a ele e o ajudando a crescer no que ele escreve, Lady (fundadora), assim como eu,  está muito ocupada para o blog e não tem como continuar postando, talvez ela volte a postar quando terminar a faculdade. Resumindo: Os autores não estão muito interessados em postar ou estão muito ocupados, então infelizmente veio anunciar que o blog estará em fase de inércia por um período indeterminado, apesar de não postar mais por um tempo ainda responderei aos comentários e farei rápidas visitas diárias ao blog para tentar conversar no chat.

Uma solução seria recrutar novos autores para o blog, mas nunca se manifestaram com interesse, mas caso esteja tentado a ser envie um pedido para este e-mail e deixo nos comentários que fez seu pedido: medosensitivo@ymail.com


 Não sou bom em escrever esse tipo de coisa, então é só isso mesmo. Agradeço aos nossos leitores e aos nossos parceiros que compartilharam essa jornada "assustadora" conosco. Espero que nos reencontremos aqui mesmo, em posts futuros. Abraço!

quinta-feira, 20 de abril de 2017

O quadro do sorriso do Diabo


Em 1973, uma mulher chamada Valentina de las Lurdes, habitante da cidade de Santiago, no Chile, acordou a noite com um estranho ruído vindo do quarto de sua filhinha de um ano. Ao ir ver o que estava acontecendo, teve uma surpresa ao ver que havia um enorme quadro na parede, a cima do berço da garotinha. Esse quadro tinha uma moldura dourada e tinha uma imagem de um homem pintado nela do peito para cima, mas seu rosto não podia ser visto, pois havia tinta preta cobrindo, como se alguém tivesse pintado por cima. A mulher se assustou, já que morava sozinha e não tinha colocado aquilo ali, ao procurar pela casa, viu que estava tudo trancado e não havia ninguém. Na manhã seguinte, a mulher tentou retirar o quadro, mas parecia estar colado, e por dois dias, inclusive com ajuda de amigos, tentou se livrar daquela imagem que estava no quarto de sua filha, mas sem sucesso. No terceiro dia, o choro do bebê fez com que vizinhos arrombassem a casa e entrassem, mas não tinha ninguém além da criança, a mãe desapareceu, e o quadro também.

Esse foi apenas o primeiro relato registrado da aparição desse misterioso quadro do homem com o rosto oculto. Em 1982 em Paris, um francês cometeu suicídio, mas antes gritou por mais de uma hora na janela, dizendo que não queria ver mais o sorriso, para então saltar. Em 1984 um homem presenciou a aparição do quadro na sala de sua casa, e uma semana depois arrancou todos os dentes de sua boca com um alicate, no hospital psiquiátrico para onde foi enviado, disse que era para tirar o sorriso que tinha sido colocado nele. Nos anos 90, foi relatado no Brasil um caso de uma mulher que dizia que um quadro de um homem com o rosto manchado de tinta apareceu em sua casa, e ela começou a avistar um homem que andava pelo lugar durante a noite, e entrava no quarto para observá-la durante a noite.

Há outros relatos de lugares variados do mundo, mas a maioria ocorre no Chile. Tudo indica que o quadro é do século XVII, e tem como autor um artista do chamado Juan Muñoz, não se tem certeza se foi ele, mas o que indica isso foi uma carta deixada pelo pintor, com um relato que acaba fazendo lembrar o tal quadro.

Na carta, Juan diz que estava muito endividado e não conseguia vender seus quadros. Uma noite um homem bateu a sua porta e lhe fez uma proposta, teria que pintar um quadro dele e pendurar na parede de sua sala, e isso faria com que ele passasse a vender muitos quadros. O artista não levou muito a sério aquele assunto, e apenas fechou a porta, achando que tratava-se de um louco. O homem voltou na noite seguinte, deixando Juan um pouco nervoso, e fechou novamente a porta. No terceiro dia, o artista estava embriagado, e sentindo-se deprimido, quando a porta bateu, ele sabia quem era e convidou o homem para entrar, e assim decidiu fazer aquele quadro, o homem voltou por  várias noites seguidas, até que finalmente a obra foi concluída. Juan sentia arrepios ao olhá-la, e o homem não mais apareceu, o artista decidiu então pendurá-lo em sua sala. A partir de então, as vendas começaram a ser constantes, e pessoas com muito dinheiro requisitavam seus serviços sempre.

Apesar de ter sua vida melhorada financeiramente, Juan começou a ouvir vozes pela casa, e ter a impressão de ver o homem da pintura andando pelo lugar. O sorriso que ele carregava na imagem o dava arrepios, e os pesadelos envolvendo o quadro eram constantes. Uma noite, não aguentando mais, ele pegou tinta e pintou o rosto. Dias depois, amigos entraram em sua casa por estranharem o desaparecimento do artista, e encontraram apenas uma carta relatando o que aconteceu, e tanto o artista quanto o quadro tinham desaparecido.

Alguns o chamam de "O quadro do sorriso do Diabo" e os relatos sobre o aparecimento de um quadro misterioso são variados, e sempre tem o mesmo detalhe, seu rosto é coberto, mas aqueles que viram o quadro, dizem que em suas mentes são capazes de ver o que está por baixo da tinta preta, um sorriso que fica preso na mente, e causa visões de horrores indescritíveis. Todas as pessoas que falaram terem visto o quadro, não tinham nada em comum umas com as outras, ele simplesmente apareceu um dia em suas vidas. A única coisa que parece ser um padrão, é que depois que ele aparece, o sorriso por trás da tinta nunca mais sai da memória da pessoa, por isso se um dia você ver de repente um quadro que nunca esteve em sua casa, não olhe.

Copiado e colado descaradamente de: http://www.nerdmaldito.com

SENSITIVOS